Oferta menor não afeta preço do boi gordo.

19 MAR 2015
19 de Março de 2015

Oferta menor não afeta preço do boi gordo.

Já o do algodão continua em alta.

Café brasileiro ganha espaço lá fora.

 

No Mato Grosso, os criadores de gado de corte que apostaram em uma nova alta no preço do boi gordo, caíram do cavalo. Dados do Indea apontam que o número de abates despencou quase 30 por cento, em fevereiro, para 346 mil cabeças. Mas a queda, puxada por escalas menores e a greve dos caminhoneiros, não foi suficiente pra pressionar as cotações. Por outro lado, o setor se mantém otimista e avalia que com a relação bem ajustada entre oferta e demanda o mercado deve se manter firme até o fim do ano.

 

Produtores de algodão de todo o País comemoram a reação do mercado. Além do aumento da demanda seja no mercado interno, seja por parte dos compradores estrangeiros, o dólar em alta favorece o setor. Eles seguem firmes na hora de negociar e o valor da libra-peso da pluma posta em São Paulo, por exemplo, superou o preço mínimo e passou de um real e 90.

 

E no Espírito Santo, onde estão alguns dos maiores produtores de café do País, os que vivem de exportação estão rindo à toa. No acumulado de janeiro e fevereiro, os embarques cresceram 25 por cento, pra 48 mil toneladas. E com preços em alta, o faturamento do setor disparou 40 por cento e passou de 100 milhões de dólares. 

Voltar

©2016. Rádio Nova Itu FM. Todos os direitos reservados.

Tel: 4024-0614