Menu

Prefeitura realiza levantamento ótico 3D  no Cruzeiro de São Francisco

31 JAN 2018
31 de Janeiro de 2018

Por meio de uma parceria a Prefeitura de Itu, na sexta-feira, 26 de janeiro, realizou um levantamento dimensional do Cruzeiro de São Francisco, localizado na Praça Dom Pedro I. Os dados servirão como base para a identificação dos pontos de intervenção de restauro neste importante patrimônio ituano.

Sabendo da intenção da Prefeitura de Itu em elaborar o projeto para restaurar o monumento, uma empresa se ofereceu para realizar o serviço de levantamento óptico 3D sem ônus para o município. Com a parceria junto a VTech Consulting Ltda. haverá economia para os cofres públicos e ganho na qualidade e no detalhamento do trabalho. Pela primeira vez no Brasil foi utilizada a tecnologia a laser no levantamento dimensional de monumentos em espaços públicos. Como os métodos tradicionais se restringem ao dimensionamento topográfico, bastante limitados em seus resultados, está parceria possibilitará a obtenção de um resultado final com um nível de precisão nos detalhes imensamente superior.

O modelo obtido será usado imediatamente para duas importantes etapas do projeto de restauro: a primeira, através de parceria com o Instituto de Pesquisa e Tecnologia do Estado de São Paulo, na realização do diagnóstico geológico e geofísico do Cruzeiro de São Francisco; e a segunda, na elaboração do mapa de danos e avarias, peça fundamental para subsidiar as propostas de intervenções futuras no monumento.

O Cruzeiro Franciscano de Itu se destaca como um monumento raro e único no panorama nacional. É comparável apenas aos cruzeiros monumentais do ciclo do açúcar no nordeste, hoje existentes na igreja de São Francisco em João Pessoa na Paraíba e no Convento de Nossa Senhora das Neves, de Olinda em Pernambuco, ambos tombados em sítios reconhecidos como Patrimônio Mundial pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

Desempenha importante papel junto à rede de atrativos turísticos referente à história urbana ituana. Tombado desde 2004 pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico de São Paulo) integra o Centro Histórico de Itu. Pertence à área de entorno e registro do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) que, segundo pesquisas recentes definiram, com base em fontes primárias, a autoria do monumento como sendo de Joaquim Pinto de Oliveira, o Mestre Canteiro Thebas da capital São Paulo, com datação de janeiro de 1795.

Hoje este Patrimônio Histórico é de responsabilidade da Prefeitura, que está empenhada em criar as condições para a escrita e elaboração do projeto de restauro para esta obra tão rica e complexa. Para tanto criou um grupo de trabalho composto por restauradores, projetistas, técnicos da preservação do patrimônio e geólogos.

Voltar

©2019Rádio Nova Itu FM. Todos os direitos reservados.

R: Luiz António Anhaia, Vila Gardiman Itu/SP- Tel: 4024-0614 E-mail: radionovaitu@gmail.com

Tenha também o seu site. É grátis!